30% das matrizes rústicas de Amares já se encontram georreferenciadas

Amares atingiu, hoje, o limite mínimo de terrenos georreferenciados na plataforma BUPI – Balcão Único do Prédio: 30% das matrizes rústicas já se encontram georreferenciadas, o que corresponde a um total de 4.409 matrizes.

O Município maarense aderiu, há sensivelmente 1 ano, a este serviço, que permite aos cidadãos registarem as suas propriedades rústicas e mistas de forma simples e gratuita, garantindo a titularidade dos seus terrenos e marcação dos seus limites, contribuído, simultaneamente, para um melhor planeamento e gestão sustentável do território.

O Município de Amares agradece a todas as juntas de freguesia envolvidas no projeto e a todos os amarenses que contribuíram para o sucesso destes resultados.

As visitas descentralizadas do BUPI às freguesias terminam no final de 2022, mas o projeto continua até 2025.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.