Minho

Irmãs usavam visitas a namorados para introduzir droga na cadeia de Braga

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou, esta sexta-feira, que deteve, em Braga, duas irmãs, presumíveis autoras do crime de tráfico de estupefacientes agravados. São suspeitas de introduzirem substâncias estupefacientes no Estabelecimento Prisional de Braga.

Segundo a autoridade, os factos foram reportados pelo referido estabelecimento prisional ao Departamento de Investigação Criminal de Braga da PJ. Foram iniciadas investigações, “que culminaram com as detenções e com a apreensão de avultadas quantias em dinheiro e outros objetos”, lê-se em comunicado.

“Durante a investigação, recolheram-se indícios de que, em momentos diferentes e sucessivos, nas visitas que concretizavam aos companheiros, as duas detidas, em contacto com estes e de forma dissimulada, concretizavam a entrega das substâncias”, informa ainda.

Noutras ocasiões, refere a mesma nota, “a partir do exterior, chegaram mesmo a arremessar consideráveis quantidades de estupefaciente e de outros objetos para a zona de recreio dos reclusos, tendo em vista o seu tráfico no interior do estabelecimento”.

As detidas, com 24 e 27 anos, serão presentes às autoridades judiciárias competentes para interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *