Ivo Vieira quer terminar com “alguma dignidade” época que pode ser “negativa”

O treinador Ivo Vieira frisou hoje que o Vitória SC quer vencer o Marítimo, no domingo, em jogo da 33.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, para concluir com “alguma dignidade” uma temporada, provavelmente, “negativa”.

A equipa vimaranense pode receber os ‘verde-rubros’ já arredada do principal objetivo da época, o apuramento para a Liga Europa, já que é sétima colocada, com 46 pontos, a seis do Famalicão, que ocupa o quinto lugar e defronta, no sábado, o Boavista, mas o treinador frisou que o seu plantel tem obrigação de trabalhar para “ganhar”.

“A preparação do jogo com o Marítimo foi exatamente igual à dos outros, de forma a conseguirmos o objetivo do jogo: ganhar. Se isso [entrar em campo sem hipótese de apuramento para a Liga Europa] acontecer, há um sentimento de tristeza, mas temos de viver com isso. Quanto ao jogo, temos de estar concentrados, fazer o melhor possível e acabar com alguma dignidade o campeonato”, disse, em videoconferência de antevisão ao jogo.

Ivo Vieira reconheceu que o apuramento para a edição 2020/21 da Liga Europa vai, provavelmente, ser “um objetivo falhado”, numa “época negativa”, que incluiu ainda a eliminação da Taça de Portugal na terceira eliminatória, pelo Sintra Football, do Campeonato de Portugal, o percurso até às meias-finais da Taça da Liga e a presença na fase de grupos da Liga Europa.

O ‘timoneiro’ vitoriano realçou, contudo, que o plantel deve estar preparado para contrariar um adversário que é o quarto com mais pontos desde a retoma competitiva – o Marítimo, 11.º classificado, com 38 pontos, somou 14 desde o início de junho, sendo apenas superado pelo campeão FC Porto (19), Sporting (17) e Famalicão (15).

“O Marítimo é uma equipa que, nos últimos jogos, somou uma quantidade substancial de pontos e está num momento bom. E jogar contra o Vitória, no seu estádio, é sempre motivante. O Marítimo vai-nos criar dificuldades e vai querer vencer o jogo. Vamos tentar contrariar o momento do Marítimo e ser melhores”, observou.

O treinador recusou ainda que a equipa titular possa ser alvo de várias alterações caso a meta do quinto lugar se esfume antes do jogo, reiterando que vai dar oportunidade aos atletas que mais “compromisso e qualidade” demonstrem na preparação para o confronto com os insulares.

O embate com o Marítimo vai também assinalar a despedida dos vimaranenses do Estádio D. Afonso Henriques, numa época cujos jogos oficiais começaram em julho de 2019, e Ivo Vieira disse encarar a situação de forma “natural”, ainda que o futebol, a seu ver, só faça sentido com público nas bancadas.

“O público fez uma falta muito grande a todos os clubes. Não há razão para existir futebol sem público. O último jogo neste estádio é uma situação natural de quem pode findar um percurso”, considerou.

O Vitória SC, sétimo classificado da I Liga, com 46 pontos, recebe o Marítimo, 11.º, com 38, em jogo da 33.ª jornada, agendado para as 21h15 de domingo, no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, com arbitragem de Luís Godinho, da Associação de Futebol de Évora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *