CTT apresentam selos sobre numismática portuguesa

Os CTT apresentam, hoje, uma emissão filatélica com cinco selos alusivos às moedas cunhadas no território português em tempos pré-nacionais, percorrendo 1350 anos de história do ocidente peninsular, da Antiguidade à Idade Média: a moeda pré-romana, a romana, a sueva, a visigoda e a islâmica.

Segundo Mário de Gouveia, da Imprensa Nacional – Casa da Moeda, “a moeda é um objeto que nos permite fazer uma fascinante viagem no tempo. Nas suas múltiplas formas, ela fala-nos de política e instituições, de economia e sociedade, de língua e cultura e até de religião e filosofia. Arte e técnica aliam-se de forma perfeita neste objeto portátil e duradouro cujas faces contêm chaves que descodificam a história”.

A moeda pré-romana associa as culturas indígena e mediterrânea e evoca símbolos ligados a velhos mitos e lendas marítimas; a moeda romana tem objetos que se referem a cultos em que o princeps representa a unidade política e religiosa do Império Romano; A moeda sueva tem cunhado o nome de um rei, onde pela primeira vez na história, um rei bárbaro cristão, aspirando à legitimação, manda cunhar moeda com o seu próprio nome; na moeda visigoda a cruz e o rei recordam que a realeza é uma instituição sagrada e que o rei é um guerreiro ligado a tradições ancestrais; por fim, a moeda islâmica que seguindo a revelação islâmica, esta moeda evoca a unicidade de Allāh, a missão profética de Muhammad e o destino dos que recusam converter-se ao islão.

Esta emissão filatélica é composta por cinco selos com os valores faciais de 0,53€, 0,68€, 0,86€, 0,91€ e 2,00€. O design dos selos esteve a cargo de Hélder Soares do Atelier Design&etc. As obliterações de primeiro dia serão feitas nas lojas dos Restauradores em Lisboa, Munícipio II no Porto, Zarco no Funchal, Antero de Quental em Ponta Delgada e Loja CTT em Angra do Heroísmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *