GNR deteta descargas poluentes em rios de Braga e Guimarães

O Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR de Braga detetou situações de descargas poluentes em recursos hídricos daquele concelho e de Guimarães, anunciou hoje aquela força.

Em comunicado, a GNR refere que as situações foram detetadas durante ações de fiscalização levadas a cabo entre 24 e 30 de março.

No rio Torto, foi detetada uma descarga de águas residuais que, tendo sido possível determinar a sua origem.

Foi elaborado um auto de notícia pelo crime de poluição, tendo os factos sido remetidos para o Tribunal Judicial de Braga.

Na terça-feira, no âmbito de uma denúncia de uma descarga na zona industrial no rio Este, foi detetada a origem da infração.

Ainda no rio Este, foi detetada uma intervenção nas margens, sendo identificada uma empresa por ter colocado betão, sem autorização da entidade administrativa, impermeabilizado assim as margens em alguns pontos até ao plano de água.

Na ribeira de Couros, concelho de Guimarães, foi identificada a origem da rejeição de águas residuais domésticas.

Em todos estes três casos, foram elaborados autos de contraordenação, que foram encaminhados para Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e são puníveis com coimas cujos valores podem chegar aos 144 mil euros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *