DESPORTO

Canoísta Emanuel Silva homenageado em Braga

O Município de Braga, a Federação Portuguesa de Canoagem e o Comité Olímpico de Portugal prestaram, no Theatro Circo, uma “bonita e emotiva” homenagem ao canoísta olímpico bracarense, Emanuel Silva, pela sua carreira desportiva.

O atleta que, ao longo do seu percurso profissional conquistou um total de 40 medalhas internacionais, sendo um dos desportistas portugueses com mais presenças olímpicas foi agraciado com palavras de homenagem e reconhecimento público.

Para o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, “um atleta que atinge um patamar de excelência que o leva a estar presente numa competição internacional, seja ao nível europeu ou mundial, ou até de uns jogos olímpicos, está, de facto, numa elite a que muito poucos podem ambicionar chegar. Mas se pensarmos que estamos a falar de um atleta que esteve presente em muitas competições internacionais e olímpicas, como é o caso do Emanuel, já estamos num patamar estratosférico do que é a excelência deste atleta”.

O autarca salientou ainda a mais valia que o Emanuel Silva representa para a Canoagem Portuguesa, tendo sido o primeiro atleta a conquistar medalhas internacionais para a modalidade, mantendo-se como “uma inspiração e referência” para os mais jovens.

Visivelmente emocionado, Emanuel Silva, mostrou-se “muito grato” pela homenagem, realçando vários agradecimentos a todos que contribuíram para o seu percurso profissional, demorando-se na família “o alicerce” e “a alcateia que o acompanhou sempre e se manteve sempre unida”.

No término da sua carreira desportiva, o atleta olímpico abriu “um novo capítulo na sua vida” mostrando-se disponível para continuar ligado à canoagem portuguesa.

A cerimónia de homenagem ficou marcada pelas presenças institucionais do Secretário de Estado do Desporto e Juventude, Pedro Dias, que entregou a Emanuel Silva a Medalha de Honra Desportiva; do Presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino, do Presidente da Federação Portuguesa de Canoagem, Vítor Félix, da presidente da Comissão dos Atletas Olímpicos, Diana Gomes, mas também por diversos autarcas e vários atletas olímpicos, como Rosa Mota, Manuela Machado, entre outros.

Aos 38 anos, Emanuel Silva terminou a sua carreira desportiva, afirmando-se como um dos melhores canoístas portugueses de sempre dispondo de um palmarés absolutamente invejável, sendo também um dos grandes responsáveis pela divulgação da Canoagem em Portugal. O atleta esteve presente nos Jogos Olímpicos de Atenas (2004), Pequim (2008), Londres (2012), Rio de Janeiro (2016) e Tóquio (2020). Nos Jogos Olímpicos de Londres alcançou o ponto mais alto da sua carreira desportiva, ao conquistar a medalha de prata na prova K2-1000 metros. Tem um total de 40 medalhas internacionais alcançadas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *