Município de Vila Verde celebra protocolo para total remoção do amianto na Escola Básica de Moure e Ribeira do Neiva

A Câmara de Vila Verde assinou um protocolo com o Ministério da Educação para a realização da empreitada de total remoção de amianto na escola Básica de Moure e Ribeira do Neiva.

Em comunicado, a autarquia diz esperar que “a intervenção se revele célere e eficaz, no sentido de concorrer para que as crianças e jovens que frequentam aquele estabelecimento de ensino possam ali dar continuidade ao seu percurso escolar com plenas garantias de excelentes condições de bem-estar”.

Recorde-se que Vila Verde apresenta, hoje, um parque escolar completamente renovado, fruto do investimento global de mais de seis milhões de euros, ao longo dos últimos anos, em profundas obras de requalificação e ampliação de edifícios escolares e mercê da construção de vários amplos e modernos equipamentos educativos de raiz.

Atualmente, estão em fase avançada as obras de requalificação das Escolas Básicas de 2.º e 3.º ciclos de Vila Verde e da Vila de Prado, num investimento global próximo dos três milhões de euros, que conta com uma forte participação do Município, apesar de se estar perante estabelecimentos de ensino sob a total alçada do Estado.

O Vice-Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, Manuel Lopes, refere que “nunca escondemos o caráter prioritário da educação no nosso concelho e, desde a primeira hora, elegemos este setor como crucial para modernizar todo o território concelhio e para elevar a competitividade de Vila Verde na região e no país”.

O autarca sublinha que “esta intervenção destinada a remover o amianto da Escola Básica de Moure e Ribeira do Neiva é mais um passo importante que está a ser dado, em parceria com o Estado, para fazer com que os edifícios escolares estejam ao serviço do pleno bem-estar de todos os alunos”.

Manuel Lopes enfatiza ainda que “Vila Verde, depois de concluídas as obras em curso nas Escolas Básicas de Prado e de Vila Verde, vai contar com um dos melhores parque escolares do país, o que muito nos orgulha e concorre sobremaneira para reforçar a atratividade do nosso território e fixar os nossos jovens, cada vez mais qualificados e preparados para reforçar o florescente tecido empresarial, no concelho”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.